Notícias

Sessão de Esclarecimentos Eco-Freguesias XXI

A convite da ABAE – A Associação Bandeira Azul da Europa, a União das Freguesias de Caldas da Rainha – Nossa Senhora do Pópulo, Coto e São Gregório fez-se representar pela secretária do executivo Dr.ª Maria João Reis, para apresentar as boas práticas desenvolvidas pela freguesia, ao nível da sustentabilidade e do ambiente. A sessão de esclarecimento foi realizada no dia 18 de Fevereiro, em Santo Tirso e contou com a presença de várias freguesias a nível nacional.

Entrega de Donativo – X Corrida P’la Vida

No dia 19 de Fevereiro, presidente da União das Freguesia de Caldas da Rainha – N.ª Sr.ª do Pópulo, Coto e São Gregório Vítor Marques, procedeu à entrega do donativo apurado na realização “X CORRIDA P’LA VIDA”  no valor de 2.500€, à Liga de Amigos do Centro Hospitalar de Caldas da Rainha, na Urgência da Pediatria do Hospital de Caldas da Rainha.
O Balance Health Club & SPA – Caldas da Rainha,  associou-se a esta iniciativa, ao oferecer os seus dois prémios obtidos na prova – a equipa mais representativa e o prémio feminino – no valor de 200€.

Restauro de Abrigos

A União das Freguesias de Caldas da Rainha – Nossa Senhora do Pópulo, Coto e São Gregório restaurou diversos abrigos, com materiais reciclados solicitados ao Município de Caldas da Rainha, que acedeu ao pedido.

Estes abrigos foram colocados em São Gregório na Rua de St.º António, na Fanadia na Rua Principal, no Coto na Rua da Bela Vista, na Rua da Escola (junto à ARECO) e nos Casais da Ponte., iremos brevemente substituir o abrigo do Imaginário.

Para além disso, a Junta de Freguesia em colaboração com o Município, colocou também as frases vencedoras do concurso “Limpa a tua Freguesia, com alegria”, em diversos abrigos da nossa freguesia. Este concurso foi dinamizado no passado ano lectivo de 2018/2019 e lançou um desafio às crianças do 1º ciclo, que deveriam, em conjunto com as suas famílias, criar uma frase que sensibilizasse para a sustentabilidade e a protecção do bem ambiente.

Os prémios foram um voucher para um cruzeiro no Lago dos Cisnes, no Parque D. Carlos I, também a oportunidade de ver as suas frases expostas nos abrigos da Freguesia. As frases vencedoras foram:

– ” Sem lixo a natureza ri, a limpeza é a alegria da natureza.” – Maria, família Albano NSP1A

– ” Do acordar ao deitar, vamos todos reciclar, para o planeta poder respirar.” – Dragos, família Dobre, ES1

– ” Quem trata bem o ambiente dá um sorriso a toda a gente (e é muito inteligente).” – Matias, família Félix Silva, ES2

– ” O Planeta está doente, recicla e assim o verás contente.” – João, família Sousa – SG- 1-4

– ” A água vamos poupar para o meio ambiente melhorar.” – Carolina, família Soeima Nunes – ES3

– ” Se o oxigénio com qualidade queres respirar, para poderes alegremente brincar, da limpeza não te podes esquecer e do meio ambiente tens que bem tratar.” – Madalena, família Filipe, NSP1B

Com esta iniciativa a Junta pretende alertar e sensibilizar toda a comunidade para os cuidados a ter na protecção do meio ambiente.

Os jogos tradicionais voltaram!

Iniciamos o projecto “Os jogos tradicionais voltaram!”, que será dinamizado pela Universidade Sénior nas escolas de 1.º ciclo, com os alunos do 1.º e 2.º ano.
O objectivo desta actividade intergeracional é que as crianças conheçam outras formas de brincar e que tenham a oportunidade de se divertir e de aprender com os seniores os jogos tradicionais que existiam antigamente. Desta forma, pretendemos promover momentos de aprendizagens, afectos e partilhas.

Agradecemos aos alunos da Universidade Sénior que aceitaram com toda a amabilidade este desafio, e a todas as crianças que estão a aderir muito bem a esta iniciativa.

Dia Internacional da Não Violência e Paz nas Escolas

No dia 30 de Janeiro assinalámos o Dia Internacional da Não Violência e Paz nas Escolas, com uma sessão informativa sobre o tema, com as crianças da Escola Básica da Lagoa Parceira.
Desta forma, alertarmos para os sinais de alerta da violência nas escolas, para que as crianças possam estar mais informadas e conscientes deste flagelo. As crianças foram convidadas a aprender mais de uma forma lúdica e dinâmica, através do jogo de tabuleiro “Vamos aprender a ser Heróis Anti-Bullying”.
Agradecemos à E.B. de Lagoa Parceira por participarem connosco na comemoração deste dia, e sobretudo às crianças que se mostraram muito colaborantes e entusiasmadas.

Caldas, Rainha do Natal!

“Caldas, Rainha do Natal” é o tema do projecto de animação natalício promovido em parceria pela Câmara Municipal de Caldas da Rainha e pela ACCCRO – Associação Empresarial das Caldas da Rainha e Óbidos.
A União das Freguesias de Caldas da Rainha – N.ª Sr.ª do Pópulo, Coto e São Gregório reconhece o trabalho de todos e em particular da ACCCRO, cujo empenho contribuiu para a vitória da nossa cidade na Votação NiT sobre as luzes de Natal mais incríveis do país.
Convidamos a todos os caldenses, amigos e visitantes a desfrutar da iluminação de Natal e dos vários eventos que decorrem na nossa cidade nesta época festiva.
Agradecemos ao fotógrafo Carlos Plácido pela partilha das fotos.

 

Campo Canino

A União de Freguesias de Nossa Senhora do Pópulo, Coto e São Gregório apresentou no passado mês de Julho o Campo Canino, situado na Rua São João de Deus no Pinhal da Escola Superior de Artes e Design das Caldas da Rainha (ESAD.CR), com cerca de 1.000 m² totalmente construído pelos colaboradores da Junta de Freguesia, os equipamentos foram construídos com material recuperado, sendo um espaço onde os cães podem circular, correr e interagir com os seus donos com mais liberdade e segurança. Nessa altura, o Presidente da União das Freguesias, Vítor Marques referiu que o Campo Canino não estava concluído, pois faltavam ainda  equipamentos que seriam desenvolvidos pelos alunos da ESAD.CR. No dia 9 de Dezembro foi feita a apresentação e demonstração dos referidos equipamentos, todos eles desenhados e construídos pelos alunos, com madeiras do Parque D. Carlos I e Mata Rainha D. Leonor e com o aproveitamento de equipamentos velhos e que já não serviam para os parques infantis.

Os detentores dos Cães, ficam agora com o Parque condigno para os libertarem e treinarem, sendo da sua responsabilidade a sua boa utilização.

À Direcção e aos Alunos da ESAD fica o nosso agradecimento por mais uma vez aceitarem o nosso desafio.

 

Economia circular, toca a aproveitar!

NOVA DATA –  Vamos estender o prazo da Open Call, aproveita tens até dia 20 de Janeiro de 2020.

Economia Circular – Toca a aproveitar!

A nossa União das Freguesias é responsável pela gestão e manutenção de espaços verdes como a Mata Rainha Dona Leonor e o Parque D. Carlos I, manutenção essa que se traduz num conjunto de resíduos florestais importantes de reintroduzir no sistema e gerar um movimento circular, desta intenção surgiu o projecto “Economia circular, toca a aproveitar”, no âmbito do Fundo Ambiental da República Portuguesa.

Com um fablab de carpintaria no nosso armazém, junto ao Centro da Juventude, reunimos as condições ideais para ter uma oficina que permita a reconversão do desperdício de monos e do resultante da manutenção dos espaços verdes como árvores abatidas, que tendo sido sinalizadas devido ao seu estado vegetativo.

A sua transformação permite a criação de projectos de mobiliário urbano, sinalética, troféus desportivos, jogos urbanos como o xadrez, jogos infantis de desenvolvimento de motricidade humana, caixotes do lixo, peças decorativas e artísticas ou de uso doméstico de acordo com as normas regulamentares e a legislação em vigor.

Esta infraestrutura irá permitir que o material recolhido seja utilizado por designers, criativos e artesãos com educação nas escolas da cidade, nomeadamente o CENFIM, o CENCAL e a Escola Superior de Artes e Design de Caldas da Rainha (ESAD.CR) e todos os interessados do Município das Caldas da Rainha, nomeadamente e dando prioridade às escolas da cidade que tenham formação em carpintaria e numa fase posterior as micro-empresas e pequenos empresários que apresentem um projecto para a boa utilização dos resíduos florestais.

Mais informações:

gestao.fundoambientalcr@gmail.com 

Regulamento:

20112019_REGULAMENTO_OPENCALL_V5

Intervenção de rearborização com a plantação de jovens árvores na Mata Rainha Dona Leonor

Iniciou-se no dia 20 de Novembro, comemorando o Dia da Floresta Autóctone, a plantação de cerca de 250 jovens árvores, na Mata Rainha Dona Leonor, um trabalho exemplar de uma preocupação, compreensão e respeito pelo ambiente, realizado por uma equipa do Centro de Educação Especial Rainha Dona Leonor, que desempenha funções de colaboração na gestão e manutenção deste espaço.

Mais de 2050 jovens plantas foram cedidas, em Setembro, pelos Viveiros do Furadouro do Olho Marinho em Óbidos, através do contacto com a Eng.ª Ivone Neves, responsável pelos viveiros e que deste o primeiro momento se mostrou inteiramente disponível. Ainda, ficou a possibilidade de se vir a estabelecer no futuro uma colaboração directa com a União das Freguesias de Caldas da Rainha – Nª Sra. do Pópulo, Coto e São Gregório, para continuar a promover a preocupação no sentido das plantações, pelo cuidado pelo meio ambiente e dos espaços verdes da nossa cidade. Essa colaboração irá de encontro a acções de sensibilização sobre a importância das plantações, pretende desenvolver espécies seleccionadas, com a sua primeira fase de desenvolvimento controlado nos viveiros e posterior introdução nos espaços, garantindo a protecção e conservação dos espaços, como a Mata e o Parque.

As jovens plantas são na sua maioria de espécies autóctones e/ou já naturalizadas em território português e na nossa região, tais como Acer pseudoplatanus, Alnus glutinosa, Betula pubescens, Fraxinus angustifolia, Quercus pyrenaica, Quercus robur e Quercus rubra. As plantações realizadas nesta primeira fase de implantação fizeram-se na zona mais a este, na mata superior, por detrás do pavilhão e do estádio, nesta existem várias clareiras, algumas consequência de quedas de árvores de muito grande porte, em intempéries passadas, outras resultado efectivo da limpeza de áreas que estavam infestadas de espécies invasoras, como a acácia. Foram também colocadas em todas as plantas, malhas de sinalização e protecção, que servem para dar mais visibilidade a planta, de forma a não serem danificadas.

O momento presente, constitui um conjunto de desafios, em termos de manutenções a realizar e de tomadas de decisão, com visão a longo prazo. Para além desta intervenção de plantações, que é essencial para a evolução e continuidade dos espaços, existe também a necessidade de realizar outro tipo de intervenção, como a limpeza de vegetação, podas e abates. É importante comunicar que, em Outubro, foram realizados alguns abates necessários em exemplares que apresentavam problemas no seu estado vegetativo e risco de queda sob caminhos, bens e pessoas. Tivemos o cuidado de realizar estas intervenções de forma gradual e com recurso a uma equipa especialista, em técnicas de arboricultura, reconhecendo a importância, o valor e o carácter da mata. Estas intervenções, visam a assegurar um estado de prevenção e segurança da presente mata, considerando o aumento progressivo de pessoas, que é um factor bastante positivo. As árvores, sendo seres vivos, são influenciadas pelo passar dos anos, pelas mudanças climáticas e muitos factores externos, nomeadamente a presença humana, por vezes imposta deliberadamente. Por esse conjunto de influências e suas consequências, é obrigatório assegurar níveis de segurança, nomeadamente, nos caminhos e nos locais de permanência activa e passiva, assim como através destas e mais acções de plantação, o objectivo máximo é manter a Mata Rainha Dona Leonor e outros espaços conservados, vivos e seguros, através da colaboração de todos.

Zonas de limpeza de passeios, bermas e valetas.

Acabar com a utilização de herbicidas é uma aposta do Executivo, por isso apelamos à compreensão de todos os Fregueses, pois que só com a mão de obra dos nossos colaboradores e com alguma maquinaria, não conseguimos limpar os passeios, bermas e valetas das ervas e caniços, com a regularidade que gostaríamos.
De acordo com a Câmara Municipal, a Freguesia foi dividida por zonas e coube à nossa Junta de Freguesia as seguintes zonas:

Zona D e E designadas por: Encosta do Sol, Belver e Crocha.
Zona F designada por: Avenal e Lagoa Parceira.
Zona G e H designadas por: Coto e Casais da Ponte, mais concretamente toda a antiga Freguesia do Coto.
Zona I e J, designadas por: Fanadia e São Gregório, mais concretamente toda a antiga Freguesia de São Gregório.
Anexam-se mapas identificativos.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Este site utiliza cookies para lhe oferecer a melhor experiência possível de navegação.
Para navegar no site é necessário aceitar as cookies.
Política de privacidade

Política de privacidade

Leia por favor esta Política de Privacidade com atenção, pois no acesso a este site, a disponibilização dos seus dados pessoais implica o conhecimento e aceitação das condições aqui constantes.

Quem é o responsável pela recolha e tratamento dos dados?
A União das Freguesias das Caldas da Rainha – Nossa Sr.ª do Pópulo, Coto e São Gregório é a entidade responsável pela recolha e tratamento dos dados pessoais, podendo, no âmbito da sua atividade, recorrer a entidades por si subcontratadas para a prossecução das finalidades aqui indicadas.

O que são dados pessoais?
Dados pessoais são qualquer informação, de qualquer natureza e independentemente do respetivo suporte, incluindo som e imagem, relativa a uma pessoa singular identificada ou identificável. É considerada identificável a pessoa que possa ser identificada direta ou indiretamente, designadamente por referência a um número de identificação ou a um ou mais elementos específicos da sua identidade física, fisiológica, psíquica, económica, cultural ou social.

Que dados pessoais são recolhidos e tratados?
A União das Freguesias das Caldas da Rainha – Nossa Sr.ª do Pópulo, Coto e São Gregório procede à recolha e ao tratamento, entre outros, dos seguintes dados pessoais: nome, número de telefone e endereço de correio eletrónico. A União das Freguesias das Caldas da Rainha – Nossa Sr.ª do Pópulo, Coto e São Gregório assume que os dados foram fornecidos pelo titular dos mesmos ou que este deu autorização para o efeito e presume que os mesmos são verdadeiros e se encontram atualizados.

De que forma são recolhidos os seus dados?
Os dados pessoais podem ser recolhidos através dos seguintes meios:
Os dados recolhidos são processados e armazenados informaticamente e no estrito cumprimento da legislação de proteção de dados pessoais sendo armazenados em base de dados específicas, criadas para o efeito, pela União das Freguesias das Caldas da Rainha – Nossa Sr.ª do Pópulo, Coto e São Gregório ou pelas entidades por esta subcontratadas.
Alguns dados pessoais recolhidos no website são de preenchimento obrigatório e, em caso de falta ou insuficiência desses dados, a União das Freguesias das Caldas da Rainha – Nossa Sr.ª do Pópulo, Coto e São Gregório poderá não conseguir prestar-lhe os serviços ou as informações por si solicitadas. Em cada caso concreto, a União das Freguesias das Caldas da Rainha – Nossa Sr.ª do Pópulo, Coto e São Gregório informá-lo-á da natureza obrigatória do fornecimento dos dados pessoais em causa.
Para a prossecução das finalidades acima identificadas a União das Freguesias das Caldas da Rainha – Nossa Sr.ª do Pópulo, Coto e São Gregório poderá proceder à interconexão dos dados recolhidos, com o propósito de atualizar e completar tais dados.

TRANSFERÊNCIA DE DADOS:
A União das Freguesias das Caldas da Rainha – Nossa Sª do Pópulo, Coto e São Gregório não transfere os seus dados.
Em momento algum vendemos os seus dados!

PERÍODO DE CONSERVAÇÃO DOS DADOS:
Salvo indicação em contrário ou por motivos legais, os dados recolhidos apenas são conservados pelo período estritamente necessário à prossecução das finalidades do tratamento, garantindo-se o seu apagamento logo que cessada a finalidade.

OS DIREITOS QUE LHE ASSISTEM:

Em que consiste o direito de acesso?
O direito de acesso permite-lhe saber se os seus dados estão ou não a ser tratados e em caso afirmativo, prestar-lhe informações como, por exemplo, os fins de tratamento, as categorias dos dados que são tratados, os destinatários aos quais foram ou serão comunicados, o prazo previsto da conservação dos dados pessoais ou, caso não seja possível, os critérios utilizados para determinar este prazo. A União das Freguesias das Caldas da Rainha – Nossa Sr.ª do Pópulo, Coto e São Gregório compromete-se a prestar-lhe todas as informações relativas ao seu pedido no prazo de um mês, que poderá ser prolongado em função da complexidade do pedido. Nos casos em que os pedidos se revelem excessivos ou manifestamente infundados, a União das Freguesias das Caldas da Rainha – Nossa Sr.ª do Pópulo, Coto e São Gregório reserva-se o direito de imputar custos administrativos para tratamento do seu pedido. Poderá exercer o seu direito através dos contactos da União das Freguesias das Caldas da Rainha – Nossa Sr.ª do Pópulo, Coto e São Gregório.

E o direito à retificação?
O direito retificação dos seus dados pessoais caracteriza-se por solicitar a correção e/ou atualização dos seus dados quando se encontrem incorretos e/ou desatualizados. Poderá exercer o seu direito através dos contactos da União das Freguesias das Caldas da Rainha – Nossa Sr.ª do Pópulo, Coto e São Gregório.

Em que consiste o direito à limitação do tratamento?
O direito à limitação do tratamento permite-lhe solicitar a restrição do tratamento dos seus dados pessoais. Neste caso o Responsável pelo Tratamento pode proceder ao armazenamento dos dados, mas não os pode utilizar. Este direito apenas pode ser exercido em determinadas situações, taxativamente elencadas no Regulamento Geral de Proteção de Dados, a saber:
Poderá exercer o seu direito através dos contactos da União das Freguesias das Caldas da Rainha – Nossa Sr.ª do Pópulo, Coto e São Gregório.

Em que consiste o direito à portabilidade?
O direito à portabilidade permite-lhe solicitar à União das Freguesias das Caldas da Rainha – Nossa Sr.ª do Pópulo, Coto e São Gregório que os seus dados pessoais sejam transferidos para si ou para outro responsável pelo tratamento. Este direito depende de três condições: Poderá exercer o seu direito através dos contactos da União das Freguesias das Caldas da Rainha – Nossa Sr.ª do Pópulo, Coto e São Gregório.

Em que consiste o direito ao apagamento?
O direito ao apagamento, ou direito a ser esquecido, permite-lhe que, em determinadas situações, possa exigir que os seus dados sejam eliminados. Este não é um direito absoluto e apenas poderá ser exercido nos casos em que a conservação dos dados pessoais viole o regulamento, designadamente: O direito ao apagamento não poderá ter lugar nos casos em que esteja em causa o exercício do direito à liberdade de expressão e informação, bem como nos casos em que seja necessário para o cumprimento de uma obrigação legal, ou para fins de investigação científica ou histórica ou fins estatísticos e ainda para o exercício do direito de defesa e de formulação de reclamações junto das autoridades competentes.

Em que consiste o direito de oposição?
Poderá exercer o direito de oposição ao tratamento para fins de marketing, exceto nos casos em que entendamos que existem motivos legítimos imperativos para que o tratamento prevaleça sobre os seus interesses, direitos e liberdades. Poderá exercer este direito mediante a utilização da opção “remover”, referida em todas as nossas comunicações. Este direito pode igualmente ser exercido nos casos em que pretenda opor-se à criação de perfis – profiling. Poderá exercer o seu direito através dos contactos da União das Freguesias das Caldas da Rainha – Nossa Sr.ª do Pópulo, Coto e São Gregório.

Em que consiste o direito a retirar o consentimento?
Nos casos em que tenha dado o seu consentimento para o tratamento de dados da União das Freguesias das Caldas da Rainha – Nossa Sr.ª do Pópulo, Coto e São Gregório, poderá, em qualquer momento, revogar o consentimento anteriormente dado. Não obstante a retirada do consentimento, todo e qualquer tratamento que tenha sido efetuado em momento anterior à revogação do consentimento considera-se lícito, produzindo a revogação apenas efeitos futuros. Poderá exercer o seu direito através dos contactos da União das Freguesias das Caldas da Rainha – Nossa Sr.ª do Pópulo, Coto e São Gregório.

EXERCÍCIO DE DIREITOS
Todos os direitos enunciados poderão ser exercidos de forma gratuita para o e-mail rgpd@caldasdarainha.pt. Informamos ainda que lhe assiste o direito de apresentar uma reclamação perante a autoridade de controlo competente, especialmente quando, junto do responsável pelo tratamento, não tenha obtido satisfação no exercício dos seus direitos.

CONFIDENCIALIDADE
A União das Freguesias das Caldas da Rainha – Nossa Sª do Pópulo, Coto e São Gregóriogarante que toda a informação que nos presta é considerada confidencial. A União das Freguesias das Caldas da Rainha – Nossa Sª do Pópulo, Coto e São Gregórionão vende, distribui, ou procede a qualquer tipo de negócio com a informação e os dados pessoais que nos são por si disponibilizados.

Alterações à Política de Privacidade
A União das Freguesias das Caldas da Rainha – Nossa Sr.ª do Pópulo, Coto e São Gregório reserva-se o direito de a qualquer altura, proceder a reajustamentos ou alterações à presente Política de Privacidade, sendo essas alterações devidamente publicitadas neste site.



Política de cookies

A leitura desta política é importante, pois ao continuar a navegar no nosso website concorda com o uso de cookies no seu browser e dispositivos utilizados, exceto se os tiver desativado.

O que são cookies
Os cookies são pequenos ficheiros de texto com informação relevante que o seu dispositivo de acesso (computador, telemóvel/smartphone ou tablet) carrega, através do navegador de internet (browser), quando um site é visitado pelo utilizador. Saiba mais sobre cookies em: AllAboutCookies.org. Estes ficheiros permitem que durante um certo período de tempo o site se «lembre» das suas ações e preferências. Os cookies utilizados não recolhem informação que identifica o utilizador, recolhem informações genéricas, designadamente a forma como os utilizadores chegam e utilizam os sites ou a zona do país/países através do qual acedem ao site, etc. É por isso que quando percorre as páginas de um site ou regressa a um site que já visitou não tem, em princípio, de voltar a indicar as suas preferências ou introduzir repetidamente as mesmas informações.

Que tipo de cookies utilizamos
Cookies essenciais ou de sessão: Alguns cookies são essenciais para aceder a áreas específicas do nosso site. Estes são necessários para algumas áreas do site funcionarem, mas não são utilizados de forma alguma para o identificar pessoalmente. Os cookies de sessão são temporários e são automaticamente eliminados uma vez que saia do site. Estes cookies não podem ser desativados, pois são essenciais ao bom funcionamento do site.

Cookies de funcionalidade: Utilizamos estes cookies para nos permitir relembrar as preferências do utilizador. Por exemplo, os cookies evitam digitar o nome do utilizador cada vez que este acede ao site. Não são necessários para que o site funcione, mas podem melhorar a experiência do cliente. Não armazenamos quaisquer dados pessoais nestes cookies.

Cookies analíticos / desempenho: Utilizamos estes cookies para analisar a forma como os utilizadores usam o site e monitorizar a performance deste. Por exemplo, permitem-nos saber quais as páginas mais populares, qual o método de ligação entre páginas que é mais eficaz, ou determinar a razão de algumas páginas estarem a receber mensagens de erro. Estes cookies são utilizados apenas para efeitos de criação e análise estatística, sem nunca recolher informação de caráter pessoal.

Cookies que enviam informação para outras empresas: São cookies configurados no nosso website por uma empresa parceira (ex: Facebook ou anunciantes). Estas empresas podem utilizar os dados recolhidos destes cookies para anonimamente direcionar publicidade para si noutro website, tendo em conta a sua visita ao nosso website. Por exemplo, se usar uma ferramenta de uma rede social (ex: “Gosto” ou “Partilha” do Facebook) neste website, este cookie irá registar a utilização dessa ferramenta e a rede social (Facebook, neste caso) poderá recolher esta informação.

ATENÇÃO: Ao desabilitar cookies algumas funcionalidades poderão não estar disponíveis.

Como controlar as cookies
O utilizador pode, a qualquer momento e através do seu navegador de internet (browser), decidir ser notificado sobre a receção de cookies, bem como bloquear a respetiva entrada no seu sistema. Salienta-se, no entanto, que com a recusa de uso de cookies corre o risco de desativar determinados serviços e funcionalidades do site. Para mais informação para controlo e/ou apagar os cookies consultar a ajuda do seu browser ou AllAboutCookies.org

Fechar